Notícias

‚ÄúNosso foco √© construir um projeto renovador para Goi√°s‚ÄĚ, afirma Daniel Vilela





Pr√©-candidato ao governo de Goi√°s, deputado federal Daniel Vilela concede entrevista na R√°dio CBN Goi√Ęnia / Foto: Divulga√ß√£o
19/03/18

Em entrevista ao Papo Político, da CBN Goiânia, o presidente do MDB e pré-candidato ao governo de Goiás, deputado federal Daniel Vilela (MDB), destacou o projeto que a aliança de oposição pretende apresentar ao eleitor neste ano. “Temos um projeto alternativo a este que está esgotado e já ocupa o governo nos últimos 20 anos”, afirmou na manhã desta segunda-feira.

Daniel Vilela frisou que o MDB nunca teve qualquer participação no atual governo e por isto tem legitimidade para propor melhorias e avanços a partir das críticas que vem da população, sobre o baixo desempenho da atual gestão. “Nosso projeto é renovador e vamos usar as modernas ferramentas de gestão para garantir um governo eficiente. Defendemos indicações para as funções do Estado que não sejam apenas políticas, mas que tenham condições de somar e fazer um governo que realmente atenda o povo goiano”, anunciou.

O pré-candidato emedebista acredita que é possível reoxigenar a gestão com práticas modernas e mais atuais, adotando modelos bem sucedidos Brasil afora. “Queremos um Estado contemporâneo que não se limite a uma gestão política. Esta é uma eleição conceitual e entendemos que temos condição de reunir quadros capazes para realizar esta tarefa”, avalia.

Saúde

Entre os exemplos do que seria esta modernização, Daniel Vilela destacou o processo da saúde no Estado. “Propomos a modernização do sistema de saúde, com o uso da tecnologia, gerando transparência e otimizando os espaços disponíveis para o atendimento à população. Muitas vezes as vagas em UTIs, por exemplo, ficam ociosas enquanto há filas por atendimento porque falta uma ação mais organizada, coordenada. E temos solução para isto”, explicou.

O deputado federal ainda valorizou o esforço do prefeito Iris Rezende à frente do comando de Goiânia e suas ações para retomar a qualidade no atendimento na saúde na capital. “É preciso lembrar que o prefeito herdou uma série de problemas, como unidades fechadas e falta de estrutura, e o que ele está fazendo é isto: modernizando o sistema e os processos, enfrentando situações erradas que vinham de anos. Iris é um gestor qualificado, correto e a população está entendendo o que ele está fazendo pela cidade e, em especial, pela saúde. Os resultados virão em breve”, ponderou.

Apoios

O pré-candidato emedebista ao Governo de Goiás ainda comentou sobre as alianças para a eleição e a ampliação do leque de partidos para a criação de um novo projeto para Goiás. “O diálogo está aberto com todos os partidos e sempre esteve”, garante, acrescentando que só não há conversa com o PSDB.

Daniel Vilela destacou o PP e o PSD como as duas principais legendas em estágio avançado nas negociações. E ambas possuem demandas e situações em âmbito nacional que facilitam uma parceria. “Temos conversado muito com o PP e as negociações estão avançadas. A aliança nacional do MDB com o PP facilita muito este nosso diálogo. Temos um espaço para o Senado destinado ao PP, que hoje tem o senador Wilder Morais como postulante, e temos condições favoráveis para facilitar a eleição dos deputados federais e estaduais do partido”, aponta.

Sobre a pressão de alguns prefeitos pepistas que defendem a manutenção da legenda na base governista, Daniel afirma que é um processo natural. “Muitos estão à espera de recursos prometidos e que nunca chegaram e sofrem de chantagem do Governo para que se mantenham na base”, lamenta.

O PSD, afirma o deputado, também se encontra em situação semelhante: tem aliança com o MDB nacional e integra o governo federal. “Não é segredo para ninguém que temos mantido um bom diálogo no sentido de construir um novo projeto político para Goiás”, completou.

MDB

“Tenho recebido o apoio da esmagadora maioria dos prefeitos e lideranças do MDB”, comemorou Daniel Vilela ao responder sobre a manifestação de alguns prefeitos da legenda que ameaçam apoiar outros projetos, em detrimento da decisão do partido em ter candidato próprio. “Aqueles que queiram se manifestar, podem fazer, mas a decisão de ter candidato vem da escolha majoritária do MDB. E para a escolha de um nome será da mesma forma: respeitando a decisão da maioria”, explicou.

Daniel Vilela explica que o critério para a escolha do MDB em ter candidato veio de uma aferição interna já realizada no ano passado. “A decisão foi tomada ainda no ano passado. Sobre os nomes de pré-candidatos do partido, basta que estejam aptos e com a disposição. Hoje temos o nosso nome, mas outros podem se apresentar, se assim quiserem. O que fazemos neste momento é a construção de uma aliança para ampliar a força para além do partido. Vemos que alguns partidos expressivos desejam construir uma aliança de oposição liderada pelo MDB”, concluiu.

Outras notícias


^ ir para o topo | página inicial | contato


Email: contato@danielvilela.com.br
© 2016 Deputado Federal Daniel Vilela. Todos os direitos reservados.