Notícias

Novas universidades federais consolidam interiorização do ensino superior em Goiás





Daniel Vilela com o reitor Edward Madureira e o ex-reitor Orlando Amaral em evento na UFG de Jataí, em 2017
21/03/18

A criação das Universidades Federais de Catalão e Jataí, oficializada na noite desta terça-feira (21) pelo presidente Michel Temer, foi considerada o passo mais decisivo para consolidar a interiorização do ensino superior em Goiás nos últimos anos. A avaliação é do deputado federal Daniel Vilela (MDB), autor da indicação ao governo federal para apresentação dos projetos de lei e principal articulador da aprovação no Congresso Nacional, e do reitor da Universidade Federal de Goiás, Edward Madureira, que desde seu primeiro mandato no comando da UFG (o qual assumiu em 2006) trabalha pela autonomia das unidades da UFG de Catalão e Jataí.

“É uma conquista histórica, pela qual lutamos há muitos anos, e que consolida a interiorização do ensino superior em Goiás, dando um novo impulso à pesquisa e inovação em nosso Estado”, afirma Edward Madureira. “O desmembramento dos campi da UFG de Catalão e Jataí em unidades autônomas permitirá às instituições maior articulação em busca de recursos e uma atuação mais sintonizada com as demandas de suas regiões, o que é um ganho enorme para o desenvolvimento socioeconômico de Goiás”, afirma Daniel Vilela. 

O reitor disse que atuação de Daniel Vilela foi fundamental na aprovação e posterior sanção das leis e elogia também o trabalho dos demais parlamentares goianos, que apoiaram em peso os projetos. “Daniel acompanhou tudo desde o início, quando a presidente Dilma encaminhou o projeto para a Câmara, foi relator em duas comissões e depois teve um papel importantíssimo em toda a tramitação, conseguindo que corresse em regime de urgência. A bancada goiana como um todo abraçou as propostas e isto contribuiu muito para a aprovação na Câmara e no Senado”, afirma Edward.

Daniel Vilela, que foi convidado pelo presidente Michel Temer para participar do ato de assinatura do autógrafo de lei, no Palácio do Planalto, avalia que a conquista desta vez foi possível por causa da união dos congressistas goianos. “Sozinho ninguém consegue aprovar uma matéria como esta. Nossos deputados e senadores tiveram a sensibilidade de enxergar a importância desta conquista para Goiás e se uniram pela aprovação. Tiveram todos um papel muito importante”, afirma o deputado emedebista. “Mas temos que destacar principalmente a mobilização dos setores acadêmico e produtivo de Catalão e Jataí, com o apoio da direção da UFG, além de outras lideranças políticas que levantaram esta bandeira no passado”, completa. 

Ao sancionar a lei, o presidente Michel Temer também destacou o papel do deputado goiano para a criação das universidades. Durante a tramitação da matéria, Daniel também realizou audiências públicas em Catalão e Jataí, com a participação da direção da UFG, servidores e representantes da sociedade civil das regiões Sudeste e Sudoeste do Estado. A perspectiva agora é de que a UFG assuma nos próximos meses o papel de tutora das universidades de Catalão e de Jataí,  coordenando o processo de transição. A decisão a respeito da instituição tutora será do Ministério da Educação.

Outras notícias


^ ir para o topo | página inicial | contato


Email: contato@danielvilela.com.br
© 2016 Deputado Federal Daniel Vilela. Todos os direitos reservados.