Notícias

Daniel Vilela debate reforma trabalhista com representantes de sindicatos na CUT-GO





Deputado federal Daniel Vilela fala sobre reforma trabalhista durante debate na sede da Central Única dos Trabalhadores de Goiás (CUT-GO) / Foto: Divulgação / Assessoria Daniel Vilela
14/03/17

Presidente da Comissão Especial da Reforma Trabalhista, o deputado federal Daniel Vilela (PMDB-GO) esteve hoje (14) na sede da Central Única dos Trabalhadores de Goiás (CUT-GO) para ouvir considerações de sindicatos de trabalhadores e fazer exposição sobre o projeto que visa atualizar a legislação trabalhista. Representantes de dezenas de sindicatos ligados a áreas como educação, saúde, limpeza urbana e serviço público em geral participaram do evento, comandado pelo presidente da CUT, Mauro Rubem. “Estamos resgatando o compromisso feito de discutir a reforma trabalhista com todas as partes”, afirma Daniel Vilela.

O parlamentar classificou o debate como “proveitoso” e disse que levará considerações dos participantes ao relator da comissão, deputado Rogério Marinho (PSDB-RN)”. Daniel Vilela convidou os dirigentes sindicais a participarem de audiência pública a ser realizada no dia 27, na Ordem dos Advogados do Brasil - Seção Goiás (OAB-GO): “A pluralidade de ideias é importante, em especial quando é nítida a necessidade de mudanças e todos estão dispostos a buscar um consenso.”

Os representes do sindicatos fizeram críticas à reforma. “O que estamos vendo é o fim dos sindicatos”, opinou Mauro Rubem. Apesar das críticas, eles se mostraram dispostos a debater os temas propostos. O presidente da CUT e outros dirigentes sindicais elogiaram a abertura de Daniel Vilela para o diálogo. “Vimos a repercussão da sua ida a outros setores e sentimos que precisávamos procurá-lo quando fomos surpreendidos pela sua iniciativa de nos procurar”, afirmou José Pires, representante do SINT-IFESgo.

A procuradora-chefe do Trabalho em Goiás, Janilda Lima, teceu várias observações sobre pontos específicos do projeto. “No caso da eleição do representante, quem vai chamar essa eleição?”, questionou, ponderando que cabe ao sindicato e não à empresa essa prerrogativa. Segundo ela, o projeto não é claro neste e noutros pontos. O parlamentar pediu a ela que encaminhe as sugestões para avaliar a possibilidade de apresentar emenda na comissão.

Convergências

Daniel Vilela disse que, embora ainda não haja consenso, “temos conseguido um debate razoável e com muita convergência.” O parlamentar ressaltou que ainda serão realizadas 15 audiências na comissão, em Brasília, além dos debate estaduais, como o que será realizado na OAB-GO. “Estamos promovendo um amplo debate sobre a reforma trabalhista. Este é nosso compromisso como presidente da comissão e acredito que estamos cumprindo este papel.” O parlamentar já se reuniu com membros de sindicatos patronais, na sede da Fecomércio-GO.

Outras notícias


^ ir para o topo | página inicial | contato


Email: contato@danielvilela.com.br
© 2016 Deputado Federal Daniel Vilela. Todos os direitos reservados.